Aprenda a Gerar Riqueza com a Educação Financeira

Aprenda a Gerar Riqueza com a Educação Financeira

Palestra Online Gratuita

Não enviamos SPAM!

Cartão de Crédito – Você Sabe Usar?

Cartão de Crédito – Você Sabe Usar?

Nós não tropeçamos em grandes montanhas

Na busca obsessiva, desordenada e insana pela “independência financeira” as pessoas lotam eventos de gurus de finanças, ingressam nos mais diversos programas de marketing multinível, jogam na loteria e leem livros famosos sobre enriquecimento.

Para citar alguns clássicos:

 

Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki;

Quem Pensa Enriquece, de Napoleno Hill

Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eaker.

 

A grande pergunta é: todo munda que busca estas alternativas que relacionei acima conquistam, pelo menos a “paz financeira”?

 

Não!

 

Noventa por cento dessa pessoas deixaram os gurus cada vez mais milionários, geraram faturamento para as editoras, mas continuaram a busca pela “fórmula do enriquecimento”.

Essas mesmas pessoas deixaram de prestar atenção em uma área muito mais importante para a sua conquista de liberdade financeira:

O Uso do Cartão de Crédito

Um modelo cultural

Precisamos lembrar que somos integrantes das “sociedade do consumo”.

Neste modelo cultural você só se torna um cidadão se comprar, comprar, comprar.

E isso implicar em gastar, gastar, gastar.

Como vivemos no automático, estamos perdendo nossa essência, consumimos tão prazeirosamente esse modelo cultural, passamos a viver automaticamente em função de ter as coisas, para mostra o que temos para nos sentir bem perante a sociedade.

Ora, mas aí entra um outro elemento: o dinheiro.

De onde vem tanto dinheiro assim para eu satisfazer meus desejos de consumo?

Tudo bem, se você não tem ainda, não se preocupe, use o cartão de crédito, pois nós, instituições financeiras, ajudamos você a antecipar os seus sonhos.

Da necessidade à banalização

Como educador financeiro – e como uma pessoa que se beneficiou tremendamente da Educação Financeira, pois eu fui um analfabeto financeiro até os 41 anos de idade – tenho auxiliado as pessoas a dependerem o mínimo possível do crédito.

O crédito, em si, não é algo ruim, pelo contrário, em atividades de crédito podemos comprar uma casa para morar, um carro para dar conforto para nossas famílias e gerar muitos outros recursos.

O grande problema é quando o uso do crédito se torna banalizado.

Se eu te disser que há pessoas que usam cartão de crédito para fazer churrasco no final de semana você ficaria chocado?

Ou acharia que estou inventando?

Não, isso é um fato, uma verdade que acontece no dia a dia, as pessoas usam o cartão de crédito para consumo desnecessário, em situações desnecessárias, em momentos desnecessários.

Escravidão financeira

A consequência é que temos milhões de pessoas vivendo em função do cartão de crédito e outros instrumentos de crédito (cheque especial, financiamentos, crediários, etc) e isso as torna, literalmente, escravas do dinheiro.

Sim, se você tem que trabalhar o mês inteiro para pagar aquilo que já gastou e não te deu tanto prazer assim, então você é um escravo de dinheiro.

E essa escravidão é pior do que aquela física, que se manifesta por correntes nas pernas e no pescoço. A escravidão financeira é uma dependência mental e emocional que está detonando a vida de milhões de pessoas não só no Brasil mas no mundo todo.

Há um caminho

Como olhamos ao nosso redor e vemos a maioria das pessoas também envolvidas nessa ciranda do cartão de crédito, mentalmente começamos a acreditar que isso é natural, que é um “determinismo financeiro” viver em função do cartão de crédito.

Mas esta é uma das maiores mentiras que você pode acreditar.

Você nasceu colado a um cartão de crédito?

O seu primeiro presente de aniversário foi um cartão de crédito?

Claro que não, você, durante sua trajetória de vida foi sendo condicionado a usar o cartão de crédito até se tornar um verdadeiro “dependente financeiro” dele.

A minha pergunta para você:

Você gostaria de depender menos do cartão de crédito?

Você acredita que existe vida sem cartão de crédito?

Se a sua resposta para estas duas perguntas foi “SIM”, invista parte do seu tempo para aprender “Educação Financeira”.

Não vai ser muito sacrificante. Olha só:

  • Dez minutos a menos por dia de redes sociais.
  • Dez minutos por dia a menos de notícias sobre futebol, reality shows, etc.
  • Dez minutos a menos por dia de discussões sobre política.
  • Isso significará meia hora por dia, 3h30 por semana, 14 h por mês.

Com esse tempo posso assegurar a você que poderá aprender muito sobre uso do dinheiro e as grandes armadilhas financeiras que são colocadas à nossa frente e somos fisgados facilmente. Uma dessas armadilhas é o uso incorreto do cartão de crédito.

Eu desejo a você sucesso financeiro.

Se você quer conhecer algo específico para isso, eu escrevi um livro digital que fala sobre este tema. Acesse neste link:

 

“CARTÃO DE CRÉDITO – 11 ERROS QUE COMPROMETEM SUA SAÚDE FINANCEIRA”

 

Neste livro eu reuni informações, exemplos, histórias que tive e tenho acesso durante mais de dez anos de atuação como consultor financeiro.

Se você quer mudar sua vida financeira, não deixe para depois.

Com apenas R$ 24,99 você pode mudar para sempre sua história financeira.

Um grande abraço!

Julio Santos

Tags: | | | | | | |

Geração De Riqueza - O Poder da Educação Financeira

Geração De Riqueza - O Poder da Educação Financeira

Palestra online gratuita!

Não enviamos SPAM!

About the Author

Julio Santos
Julio Santos

Julio Santos, Educador Financeiro, autor dos livros Educação Financeira para Pais e Filhos, Os 7 Hábitos para o Sucesso Financeiro, Harmonia Financeira para Casais e Princípios Bíblicos da Educação Financeira.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

+ +