Cadastre-se para receber conteúdos exclusivos para o seu Sucesso Financeiro

Não enviamos SPAM!

Como Funciona Uma Consultoria Financeira

Como Funciona Uma Consultoria Financeira

Quando existe algum tipo de insatisfação, dúvida ou expectativa em relação aos resultados financeiros, um bom caminho para ter suas questões respondidas é a participação em um processo de Consultoria Financeira.

Uma das principais vantagens desta modalidade em relação a um Curso de Educação Financeira é que o atendimento é individualizado voltado para a necessidade objetiva de quem a procura.

Por mais que se procure atender as necessidades individuais de cada participante em um curso de educação financeira, haverá dificuldades porque, em cada grupo de alunos, as características financeiras, culturais, assim com as necessidades de cada são diferentes.

Leia também:

Produto de Investimentos ou Planejamento Financeiro – Qual rende mais?

Novas Regras do Cheque Especial – A Tendência é Piorar a Situação de Quem Já Está Endividado.

Palestras Gratuitas de Educação Financeira em Igrejas

Além disso há situações financeiras vividas por alguns – endividamento, perda de bens, erros na contratação de serviços – que geram constrangimento e somente são expostas de forma individual e privada.

Mas…

  • Como acontece uma Consultoria Financeira?
  • Quanto custa?
  • Ela realmente resolve a minha demanda?

Pensando em responder a estas perguntas, feitas muito frequentemente para nossa equipe, vou apresentar para você como funciona um processo de Consultoria Financeira, baseando-me, é, claro, em nossa metodologia de trabalho, pois cada profissional desenvolve modelos próprios de atuação e atendimento.

Público

Quem procura por consultoria financeira? (neste artigo não vou abordar consultoria para pessoa jurídica, ou seja, para empresas).

Normalmente quem procura por Consultoria Financeira são pessoas físicas em geral (individualmente, casais e até famílias).

Em relação a atividade profissional, são pessoas de vários segmentos: profissionais de empresas, profissionais liberais, profissionais autônomos e também pequenos e médios empresários.

Objetivo

Há basicamente três situações mais comuns que estimulam estas pessoas a buscarem por Consultoria Financeira:

  1. Pessoas que já tem o hábito de poupar e querem obter orientações para conseguir melhores resultados em seu planejamento financeiro e em seus investimentos;
  2. Pessoas que estão endividadas e que querem encontrar uma “luz no fim do túnel” (infelizmente pessoas nesta categoria só procuram quando a situação está praticamente insustentável)
  3. Pessoas que ainda não poupam mas também não estão endividadas e se sentem incomodadas com esta situação (Esta, na verdade é a situação mais grave das três, mas poucos enxergam desta forma);

Há também consultorias mais específicas, por exemplo, uma orientação para adquirir a casa própria. Ou uma orientação para definir investir algum dinheiro recebido de herança, rescisão trabalhista, etc.

Mesmo nesses casos eu recomendo que se faça o processo completo, pois investimentos e adquirir património não é uma coisa isolada em nossa vida financeira. Existe uma relação direta com muitos outros fatores, e se você não ficar atento pode cometer erros que podem gerar grandes perdas e frustrações.

Processo

Cada profissional desenvolve sua metodologia de trabalho. Após 10 anos atendendo pessoas de todos os perfis acadêmicos, financeiros, profissionais e sociais, identificamos que um bom trabalho acontece:

  • Entre 30 a 90 dias
  • Com a realização de 3 a 6 encontros (presenciais ou online)
  • Cada encontro com intervalo de 3 semanas, com variações para mais ou para menos de acordo com a situação.

Há pessoas que procuram por um acompanhamento mais longo, nesse caso nós definidos como Planejamento Financeiro Pessoal e Familiar, e não como Consultoria Financeira.

Método

A parte principal para que você obtenha resultados em uma consultoria financeira é a existência de um método. Método é um conjunto de conceitos, orientações, atividades e ferramentas práticas que integrados, e com resultados já comprovados, asseguram a você a conquista dos objetivos pré-definidos.

Em outras palavras, Consultoria Financeira, não é palpite, não é dica, não é opinião. E o Consultor Financeiro não é um santo milagreiro que vai fazer uma reza, indicar algumas simpatias e frases de efeito para você ficar repetindo todo dia pela manhã, etc.

Infelizmente tem gente que vende isso, e tem gente que compra isso.

O método que apresento é prático, realista e eficiente, independente de nível cultural, social, profissional da pessoa.

Mas para que haja resultados é preciso que você execute as ações, tarefas e acate as orientações

Portanto, o Consultor Financeiro é uma espécie de técnico, orientador, mentor e professor ao mesmo tempo. Este profissional usará não só conhecimentos, mas também informações que somente os especialistas tem, e também sua experiência adquirida com o tempo para ajudar o seu cliente.

Não tem sentido você contratar um técnico para te ensinar a jogar tênis ou basquete e você não acatar nenhuma das suas orientações. O mesmo deve acontecer durante a Consultoria Financeira.

Seguiu a orientação? Os resultados vão acontecer.

Investimento

Uma das perguntas mais comuns, e muitas vezes a primeira e única que me fazem é: “Quanto a custa a Consultoria Financeira”. As pessoas não falam qual é o seu problema, não descrevem detalhes sobre sua realidade, mas querem saber “quanto custa”?

Na verdade, as pessoas deviam se perguntar para si mesmo: “Quanto vale uma consultoria financeira?

Qual o valor de um conhecimento que vai melhorar significativamente, não só minhas finanças, mas vai impactar outras áreas com o a emocional, a profissional, a conjugal, etc.

Qual o valor de algo que vai me ensinar a não ficar perdendo tanto dinheiro?

Qual o valor de algo que vai me ensinar a acelerar a minha independência financeira?

Qual o valor de um conhecimento que não se desgastará com o tempo, pelo contrário vai ser útil para o resto da minha vida?

Eu sugiro que você faça essas perguntas para si mesmo e procure avaliar de maneira correta o valor da consultoria. Tendo esse valor em mente, pode ter certeza que, quando o seu Consultor Financeiro te apresentar uma proposta de valor, você verá que é muito menos do que você avaliou.

De qualquer forma, é importante que você fale um pouco da sua realidade para que o consultor possa definir o conjunto de ações, o tempo de orientação necessário.

Você não vai ao médico e pergunta quanto custará um tratamento de saúde e quanto tempo é preciso para se curar, sem sequer ter a primeira entrevista com ele, relatando detalhadamente o que você sente, e normalmente sem apresentar alguns exames preliminares.

Na vida financeira é a mesma coisa, o tratamento vai variar de pessoa para pessoa. Há processos que se desenvolvem muito rapidamente e outros nem tanto. Há processos que envolvem pequenas quantias financeiras, outros que estão na ordem dos “milhões”.

Há clientes cujo atendimento vai envolver somente eles, há outros que envolvem cônjuge, parentes, atividade profissional, etc.

De qualquer forma, cada profissional tem uma forma de estabelecer sua remuneração.

Eu por exemplo, não vendo horas, nem sessões de Consultoria Financeira. Eu ofereço para meu cliente a solução do seu problema. Ou seja, pode ser uma, duas 10 sessões, mas eu vou entregar aquilo que ele almeja.

E para ser sincero não é preciso mais do que seis reuniões para você dominar todo o processo de Independência Financeira.

Percepção de Valor

Para concluir esta parte, o que um Consultor Financeiro pode entregar não tem preço. Mas infelizmente, por ser algo intangível, as pessoas tem uma enorme dificuldade em  precificar.

Vou te dar um exemplo:

Há pessoas que pagam tranquilamente 5 mil reais por um telefone celular – um bem físico, que tem uma “marca”, que por sua vez atribui um certo status, etc. Para esse tipo de bem as pessoas pagam tranquilamente esse valor (muitas vez da forma parcelada, é claro).

Mas se você diz para esta mesma pessoa que uma Consultoria Financeira para mudar a vida dela para sempre, e para melhor, custará 5 mil reais, ele vai arregalar os olhos, dizer que é caro, e não vai fazer,

Aliás, mais de que uma questão de percepção é também uma questão cultural.

Solução

Será que a Consultoria Financeira resolverá a minha demanda?

Esta pergunta é muito frequente. A analogia que você deve fazer é esta:

Suponha que você vá ao médico e ele após uma consulta e bateria de exames ele identifica de maneira precisa qual é o seu problema de saúde.

Como autoridade no assunto que ele é, indiciará a você:

  1. Alguns remédios para tomar durante um certo período,
  2. acrescenta orientações para você mudar a dieta alimentar;
  3. e começar a praticar exercícios físicos de forma moderada.

Se a orientação for seguida à risca, qual a probabilidade de haver uma cura?

Praticamente 100%.

O mesmo acontece na vida financeira, uma boa orientação e execução à risca do que é definido pelo seu “médico financeiro” certamente levarão à solução do problema.

E, felizmente as doenças financeiras são mais fáceis de curar do que doenças físicas e mentais.

O que não é Consultoria Financeira

Talvez por desconhecimento ou desespero, muitas pessoas acreditam que o Consultor Financeiro é aquela pessoa que fornecerá a fórmula mágica para se livrar de dívidas ou para descobrir os “melhores investimentos” no mercado.

Se alguém te prometer isso, fique atento, você pode se frustrar.

Também fique atento aos profissionais que começam a indicar produtos e serviços para comporem a solução do problema.

Há pessoas que vendem seguros, empréstimos, investimentos, softwares e muitos mais. Na verdade, são profissionais que atuam como vendedores disfarçados, e acabam ganhando comissões de forma direta e indireta.

Um bom profissional deve ter a capacidade de atender a sua demanda sem esse tipo de manobra, sem esse tipo de atitudes.

Eu recebo diariamente ligações de empresas de seguros, investimentos, empréstimos, sugerindo o que eles dizem “parceria”. Eles alegam que eu já tenho o cliente, basta eu indicar aquele produto ou serviço que ele deverá comprar devido a confiança que deposita em mim, e depois eu recebo uma comissão.

Eu não faço isso, pode ter certeza. Eu presto serviço para o meu cliente, e procuro ajuda-lo a melhor os seus resultados com o menor custo possível.

Fale Com Um Especialista

Você é especialista na sua profissão, mas não é um especialista em Finanças e Planejamento Financeiro.

O médico entende muito de medicina, o mecânico muito de conserto de carros, o engenheiro entende muito de construção de estruturas, etc.

Cada profissional estudou, praticou, aperfeiçoou-se na sua área profissional e por esse motivo ele sabe muito mais do que as outras pessoas que não atuam em suas atividades.

Infelizmente, quando o assunto é dinheiro, a maioria das pessoas acha que já entende de tudo que é necessário para ter sucesso financeiro.

Mas na verdade ficam rodando em círculos cometendo erros infantis por falta de conhecimento e orientação adequada (e isso vale também para muitas pessoas que já tem um bom nível de organização financeira e já tem investimentos).

Até mesmo profissionais ligados à área financeira como economistas e contadores tem nos procurado pois “Educação Financeira”, que deve ser a base de um bom processo de Consultoria Financeira não é a mesma coisa que economia, gestão financeira ou contabilidade, confusão muito comum ainda em nossa sociedade.

Portanto, se você está incomodado com algum aspecto da sua vida financeira, ou entende que é possível melhorar os seus resultados, considere obter orientação de um profissional qualificado.

Espero que este conteúdo tenha ajudado você a entender melhor para poder tomar a melhor decisão para a sua vida.

Um grande abraço!

Julio Santos

Consultoria Financeira Julio Santos
Consultoria Financeira Pessoal e Familiar

Tags: |

Antes de continuar, deixe seu e-mail

e receba informações exclusivas para potencializar sua vida financeira!

Não enviamos SPAM!

About the Author

Julio Santos
Julio Santos

Julio Santos, Educador Financeiro, autor dos livros Educação Financeira para Pais e Filhos, Os 7 Hábitos para o Sucesso Financeiro, Harmonia Financeira para Casais e Princípios Bíblicos da Educação Financeira.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *