Aprenda a Gerar Riqueza com a Educação Financeira

Aprenda a Gerar Riqueza com a Educação Financeira

Palestra Online Gratuita

Não enviamos SPAM!

Como Se Curar da “Miopia Financeira” – Parte 1

Como Se Curar da “Miopia Financeira” – Parte 1

Há alguns dias uma empresária me ligou para obter informações sobre Consultoria Financeira.

Ela me contou que estava com algumas dificuldades financeiras e que há seis meses ela vendeu um imóvel de R$ 300.000,00 para resolver sua situação com o banco.

E ela completou.

-Já se passaram seis meses e a situação está pior.

Esse é um dos exemplos de Miopia Financeira que eu quero compartilhar com você nessa série de artigos.

Meu nome é Julio Santos, sou Consultor Financeiro, já atendi milhares de pessoas em projetos de Educação Financeira.

E quero te mostrar aqui como as pessoas estão comprometendo suas próprias vidas financeiras por sofrerem deste problema: “Miopia Financeira”.

Ouça este conteúdo em Podcasts no Radio Club.

Vamos lá.

Eu pesquisei no dicionário a definição de “miopia”.

Uma diz:

Miopia é o distúrbio visual em que os raios luminosos formam um foco aquém da retina, o que permite ver apenas os objetos a uma pequena distância do olho; vista curta.

No sentido figurado o mesmo dicionário diz: “falta de inteligência”

Outro dicionário descreve de forma análoga o sentido figurado:

“Pouca ou nenhuma perspicácia para perceber e entender as coisas”.

Transpondo este conceito para minha área de atuação, como Educador Financeiro, é possível dizer que o brasileiro sofre de miopia financeira,

Miopia financeira é uma condição que impede as pessoas de entender o verdadeiro significado e importância da Educação Financeira não só para a sua vida, mas para a sociedade.

Para explicar como isso acontece, vou compartilhar com você aqui informações práticas, e vivenciadas no dia a dia no atendimento de pessoas.

Durante estes dez anos de atividade nesta área percebo o quanto o brasileiro enxerga mal a importância de aprender a usar os seus recursos financeiros e não financeiros.

Só que tem um pequeno probleminha.

Minha linguagem é bastante objetiva e contundente.

Portanto se você é da geração “dodói”, que se ofende com qualquer coisa, sugiro que interrompa por aqui.

Assim você não investe o seu tempo em algo que poderá te incomodar.

Mas se você está disposto a ouvir algo sério e importante para o seu presente e para o seu futuro, vamos lá.

Não precisa gostar de mim, meu papel é contribuir para a transformação de vidas por meio da Educação Financeira.

Então vamos então ao nosso assunto.

Primeiro estágio da "Miopia Financeira": Começar Por Investimentos

É natural que qualquer ser humano queira ter qualidade de vida e até enriquecer.

Isso não é pecado.

Mas o erro começa logo aí.

Para enriquecer você não deve começar pelos investimentos. Você deve começar arrumando a casa, as finanças e de preferência eliminando dívidas.

Aproveitando, anota essa aí, que nenhum guru de investimentos te fala:

Existe um ótimo investimento, melhor que Tesouro Direto, CDB, COE, Ações, FIIs, etc.

Sabe qual é esse investimento?

“Não ter dívidas”.

Esse é o investimento dos verdadeiros milionários.

Mas o meu tema de hoje não é falar de como os verdadeiros milionários enriquecem.

Como ia dizendo a maneira como a maioria das pessoas buscam enriquecimento é totalmente distorcida.

E a miopia financeira é um processo gradativo que evolui por fases podendo chegar à verdadeira “cegueira financeira”.

Falarei de quatro etapas desse processo que expõe o nível de miopia financeira das pessoas.

O nível um é aquele onde o cidadão quer começar a resolver suas pendências financeiras, quitar dívidas e até investir

Onde ele vai em primeiro lugar?

Exatamente onde não deveria ir.

Nas…

Segundo Estágio da Miopia Financeira: Instituições Financeiras

Exatamente para ter uma vida financeira saudável e até para enriquecer, deveríamos começar indo a um profissional de Educação Financeira.

Mas o brasileiro procura por esse profissional?

Pelo menos nessa etapa de sua vida não.

Claro que não!

Ele vai ao banco.

Ele já está usando um montão de instrumentos de crédito: cartão de crédito (vários), cheque especial, crédito pessoal, crédito imobiliário, leasing para veículos e máquinas, consignado, refinanciamento de imóvel, etc.

Isso vale para assalariados, profissionais liberais, funcionários públicos e empresários.

Vale para pessoas semianalfabetas e para aqueles que tem duas ou três pós-graduações.

É no banco que além de empréstimos elas também adquirem equivocadamente (para ajudar o gerente) previdência privada, títulos de capitalização e outras coisinhas mais.

Lá no banco ele começa a pegar empréstimos e mais empréstimos. Refinancia o refinanciamento do refinanciamento.

Vou te contar um caso que tive de funcionário público:

A pessoa tinha vários empréstimos no banco. Um deles já era uma renegociação e estava no valor de R$ 70.000,00. Ela foi lá e fez um novo empréstimo para quitar.

Quando fiz o cálculo do valor final desse novo empréstimo, acredite se quiser, o valor dava R$ 170.000,00.

E a pessoa foi lá e fez.

E o banco foi lá e fez.

Quando ele vai ver, está literalmente correndo atrás do dinheiro, trabalhando como um louco, para pagar o banco, sem tempo para si nem para a família, praticamente à beira de um ataque de nervos.

Essa pessoa que acabei de citar já estava de licença, tomando remédios para depressão e baita de uma situação familiar bastante delicada.

Mas, mesmo nesta situação, as pessoas não conseguem entender que sao parte do problema, ou seja, a situação que chegaram é resultado mais do seu modelo cultural de uso do dinheiro do que de fatores externos.

Portanto, a primeira ação para se curar da miopia financeira, é entender que o último lugar que você deve ir para começar a construir a sua independência financeira é o banco.

E isso vale até para investidores. Tem muitos investidores que também sofrem de miopia financeira, ou seja, estão perdendo muito dinheiro com conceitos e ações erradas.

Isso é importantíssimo, ok?

No próximo vídeo eu vou te falar de uma segunda ação, que normalmente se soma a esta primeira e aí vai agravando a miopia financeira das pessoas.

Um grande abraço e até a segunda parte de nosso conteúdo!.

Curso Online Geração de Riqueza

Curso Geração de Riqueza 4.0

Este curso completo de Educação Financeira, criado e produzido por Julio Santos, especialista em Educação Financeira, dará a você condições de eliminar qualquer nível de "Miopia Financeira", preparando-o para a construção de sua independência financeira Acesse agora"

Tags: | | | | | |

[wwpcaptureend]

About the Author

Julio Santos
Julio Santos

Julio Santos, Educador Financeiro, autor dos livros Educação Financeira para Pais e Filhos, Os 7 Hábitos para o Sucesso Financeiro, Harmonia Financeira para Casais e Princípios Bíblicos da Educação Financeira.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

+ +