Cadastre-se para receber conteúdos exclusivos para o seu Sucesso Financeiro

Não enviamos SPAM!

[Consultoria Financeira] Fazer planejamento financeiro melhora a saúde física, mental e emocional.

[Consultoria Financeira] Fazer planejamento financeiro melhora a saúde física, mental e emocional.

Investir em Consultoria Financeira ainda é um hábito pouco praticado pelos brasileiros. Também é certo que poucas pessoas tem o hábito de fazer um bom planejamento financeiro. Em nossa cultura é mais valorizado o “viver o presente porque desta vida não se leva nada”. E então, ganha-se dinheiro, gasta-se dinheiro, reclama-se da economia, sonha-se com golpes de sorte, e o tempo vai passando.

Esse tipo de comportamento é bastante prejudicial à vida financeira porque sem planejamento não há controle e sem controle há muito desperdício de tempo e dinheiro em nossas vidas.

A perda constante de dinheiro faz com que não haja progresso na vida, as pessoas começam a entrar no modelo “trabalho para pagar contas” pois nunca sobra nada e, quando sobra ou vem um dinheiro extra, já dão um jeito de gastar, muitas vezes antes até de ele entrar na conta.

Veja também:

Seis situações que indicam que você precisa de uma Consultoria Financeira

Atitudes que podem levar você ao SUPERENDIVIDAMENTO

Dinheiro guardado não significa SAÚDE FINANCEIRA

É um modelo cultural praticado por milhões de pessoas e isso tem efeitos colaterais gravíssimos: insegurança, medo, stress, ansiedade, nervosismo, excesso de atividade física, falta de cuidados com a alimentação, pouco tempo para a vida espiritual, desgaste nos relacionamentos, tomada de decisões erradas a todo tempo, etc, etc.

Todos esses pequenos efeitos vão se unindo pouco a pouco – e permanecendo por muitos anos na vida de alguns – causando sérios problemas de saúde, dentre eles dores de cabeça, complicações estomacais, obesidade, stress, depressão, etc.

Recentemente iniciei uma consultoria para um cliente e logo na primeira reunião era nítido o seu estado de depressão provocado pela sua situação financeira que evoluiu negativamente durante alguns anos. E quanto mais ele fazia para tentar consertar a situação, mais cavava um buraco maior, agravando o estado não só de suas finanças como de suas relações familiares.

E conhecendo um pouco daquela pessoa após algum tempo de conversa notei que era uma pessoa completamente do bem, extremante competente, trabalhadora e honesta, focado na realização da felicidade familiar. Mas em um determinado momento, após conquistado um grau de confiança, ele confidenciou comigo que chegou até a pensar em suicídio.

Este é um exemplo de muitos onde fica claro os impactos negativos e profundos do descontrole financeiro das pessoas, da sua incapacidade de gerenciar suas finanças de forma eficiente e lucrativa.

As pessoas não chegam a essa situação porque querem. Diversos fatores da sociedade moderna contribuem para isso: competição, consumismo, imediatismo, visão distorcida de sucesso e, principalmente, “analfabetismo financeiro”.

Mas, assim como podemos encontrar tratamento para doenças físicas e emocionais, podemos nos tratar da incapacidade de administrar nossas finanças, melhorando a saúde financeira e consequente todas as outras áreas de nossas vidas.

Nos depoimentos que recebo dos meus clientes eles me relatam:

– Estou mais calma e erro menos nas minhas decisões;

– Com o planejamento financeiro veja que agora consigo administra bem nossos recursos financeiros familiares e isso me deixa menos tenso e preocupado;

– Agora estou tempo para praticar atividades físicas e para minha vida espiritual;

– Estou me alimentando melhor e inclusive perdi aqueles 10 kg que precisava perder;

– Consigo dialogar melhor com meu cônjuge e isso tem melhorado a corrigir alguns erros nossos e melhorar o relacionamento;

– Sou um melhor pai e mãe, e estou sabendo conduzir melhor a educação (inclusive a financeira) dos meus filhos;

– Os sintomas de tristeza e depressão estão sumindo pois agora vejo que estou no controle da situação.

 

Enfatizo muito o aspecto “terapêutico” da Educação Financeira porque eu mesmo, lá no passado, sofri física, mental e emocionalmente simplesmente porque era um “analfabeto financeiro”. Uma vez aprendendo e praticando os conceitos da Educação Financeira, fui reconquistando minha saúde em todas as áreas e os benefícios são consistentes e duradouros.

A Educação Financeira e um conhecimento essencial para todas as pessoas, inclusive para aquelas que não estão endividadas e até por investidores. Os conceitos, as ferramentas e as informações que obtemos com elas nos permitem fazer um planejamento financeiro consistente para todas as fases de nossas vidas e famílias.

Invista em Educação Financeira e veja com a sua saúde melhorará em todos os sentidos.

Tags: | | | | | | | |

Antes de continuar, deixe seu e-mail

e receba informações exclusivas para potencializar sua vida financeira!

Não enviamos SPAM!

About the Author

Julio Santos
Julio Santos

Julio Santos, Educador Financeiro, autor dos livros Educação Financeira para Pais e Filhos, Os 7 Hábitos para o Sucesso Financeiro, Harmonia Financeira para Casais e Princípios Bíblicos da Educação Financeira.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *