Cadastre-se para receber conteúdos exclusivos para o seu Sucesso Financeiro

Não enviamos SPAM!

Produto de Investimentos ou Planejamento Financeiro, qual rende mais?

Produto de Investimentos ou Planejamento Financeiro, qual rende mais?

O Brasil ainda confunde investimentos com planejamento financeiro. Em outras palavras, as pessoas acham que basta investir todo mês em algum produto financeiro – Previdência Privada, Tesouro Direto, LCI, COE, Fundos Imobiliários, Ações – para assegurar sua independência financeira.

E é claro, essa turma é daquelas que vive demonizando a caderneta de poupança, dizendo que é um péssimo investimento, quem investe nela está perdendo dinheiro, etc.

Antes de constinuar, veja outros conteúdos relacionados:

Não é bem assim, são raciocínios falaciosos pregados por muitos gurus de finanças, e que muitas pessoas acreditam ser pura verdade.

Devemos ficar muito atentos aos ensinamentos de gurus de finanças pois, infelizmente, muito deles são garotos propaganda de corretoras de investimento disfarçados.

Mas, como diz uma passagem bíblica,

“O povo perece por falta de conhecimento”

Isso é uma verdade não só para questões espirituais, mas para todas as outras áreas de nossas vidas.

Ou aquele outro ditado popular,

“Em terra de cego quem tem um olho é rei”,

ou seja, se eu sou um completo leigo no assunto, qualquer coisa que me falam eu engulo sem questionamentos.

Mas não é sobre isso que quero conversar com você hoje. Meu objetivo é explicar para você que já é investidor ou pretende ser algum dia, que produto financeiro é apenas uma pequena fração do processo de conquista de independência financeira.

Para tornar o assunto mais didático, vou compartilhar um exemplo prático que aconteceu estes dias

Um cliente (já investidor) nos contratou para uma consultoria de investimentos.

Objetivo: descobrir os melhores investimentos com os seus objetivos.

Nosso processo de consultoria de investimentos é composto por 3 reuniões, a primeira para conhecer o cliente e apresentar nosso método, a segunda para acompanhar a evolução e corrigir algumas atividades e a terceira para concluir o processo e deixar com ele o seu mapa da independência financeira.

Simples assim, sem termos técnicos, sem indicações de livros como “O segredo” e “Quem Pensa Enriquece, sem PNL e sem promessas de enriquecimento rápido.

Importante: Esse é o processo de consultoria, existe outra modalidade de atividade que oferecemos é o Planejamento Financeiro Pessoal e Familiar, esse tem duração de 12 meses.

Em quinze minutos ouvimos o panorama dele:

– Dos seus investimentos atuais (aliás um ótimo investimento em relação ao que há no mercado) ele auferia um lucro líquido de 0,6% sobre sua renda, ou o equivalente a 2% sobre o total investido mensalmente.

Explicamos-lhe que era necessário revisar alguns conceitos e premissas, e recomeçar pela construção de um Planejamento Financeiro Pessoal, Familiar e Profissional.

Com depoimentos, exemplos, instrumentos de avaliação o resultado já no primeiro encontro foi o seguinte:

  • Ele não mudou o investimento atual;
  • Reformulou o seu planejamento financeiro;
  • Reavaliou seus conceitos de independência financeira;
  • Saiu com novas ideias para potencializar o seu enriquecimento.

E de forma prática,

Sem mexer em nada ele saiu com uma rentabilidade de 2% para 11% sobre o seu investimento e de 0,6% para 7,80% sobre sua renda bruta. Isso sem precisar ficar louco se questionando sobre qual o melhor investimento, qual é tributável ou não, qual tem mais risco ou menos risco.

Isso aconteceu porque ele entendeu que:

  • Para conquistar independência financeira não basta apenas investir;
  • Há muita coisa dita por gurus de finanças que não se aplicam à nossa realidade pessoal, familiar e profissional
  • Enriquecer é muito mais uma questão de gestão financeira pessoal, familiar e profissional do que mergulhar no mundo dos investimentos.
  • Muito investidor não tem educação financeira.

O mais incrível de tudo isso é que bastou uma conversa para ele abrir a mente e descobrir que atingirá a independência financeira em tempo menor do que o previsto anteriormente.

Isso prova que, descobrir bons investimentos é bom, mas investir em Educação Financeira é melhor ainda pois enquanto produtos financeiros tornam-se vantajosos ou não de acordo com fatores externos, a sua Educação Financeira é algo que nunca desvaloriza ou envelhece, pelo contrário, renova-se a cada dia.

            Pense nisso!!!!

Julio Santos Consultoria Financeira

Tags: | | | |

Antes de continuar, deixe seu e-mail

e receba informações exclusivas para potencializar sua vida financeira!

Não enviamos SPAM!

About the Author

Julio Santos
Julio Santos

Julio Santos, Educador Financeiro, autor dos livros Educação Financeira para Pais e Filhos, Os 7 Hábitos para o Sucesso Financeiro, Harmonia Financeira para Casais e Princípios Bíblicos da Educação Financeira.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *